Umeboshi: A ameixa oriental que cura?

por Nutricionista Tatiana de Oliveira Rocha - CRN4 10100062

umeboshi

Os orientais são vistos pela grande maioria de nós ocidentais como um grande exemplo de vida e  longevidade! Vivem muitos anos e com bastante saúde! O segredo de tudo, segundo eles é o equilíbrio na alimentação.

Uma grande aliada na alimentação dos povos orientais  é a umeboshi. De acordo com a crença oriental “Uma umeboshi por dia é o segredo da longevidade”!

A umê é uma ameixa, fruto do umezeiro da família da Rosacea, tendo seu nome científico de Prunus mume. Muito parecida com o damasco, e por isso alguns a confundem, pode ser também denominada como damasqueira-japonesa.

Sua origem é chinesa mas ficou popular com o seu uso no Japão. Por ser conservada no sal juntamente com folhas de shissô e por isso ficar seca, desisdratada, é denominada com a terminação boshi, originando o seu nome umeboshi.

Famosa pela cura ou alívio de inúmero males como: dores de cabeça, enxaqueca, diarréia, azia, dores de estômago, prisão de ventre, enjoo, infecções, gripes e resfriados. A umeboshi já conhecida dos orientais chega agora ao nosso conhecimento principalmente pela sua utilização na dieta macrobiótica.  Mas como utilizar essa ameixa milagrosa? Todos podem fazer uso dela? Ela oferece algum risco?

O seu consumo é indicado diariamente, sendo utilizada uma umeboshi ao dia. Por ter o seu sabor ácido e salgado, não é indicada para o consumo in natura, em forma de fruta, como se come por exemplo uma maçã ou uma banana.  Uma das formas de utilizá-la é juntamente com pratos salgados, como por exemplo em pedaços pequenos com o arroz e com carnes. Pode ser utilizada também em refeições doces, como sorvetes, geléias e refrescos.

Altamente nutritiva, boa fonte de proteínas e minerais. É ainda recomendada, como fonte de ferro, cálcio e fósforo, além de ajudar a aumentar a imunidade, daí então a sua fama de curar.  Apesar de seus valiosos benefícios, pessoas que têm problemas com pressão alta devem tomar cuidado com a sua utilização, pois por serem feitas em conserva com sal, o seu uso deve ser controlado.

Com tantas qualidades e benefícios não é difícil entender o porque de sua fama de curar todos os males e está cada vez mais sendo utilizada por aqui.

Saiba como preparar a Umeboshi. Você irá precisar de:

Umes, sal e folhas de shissô.

Lave e seque as frutas, em seguida coloque-as em uma bacia com o sal, que deve ser em torno de 10 a 15% do peso das umes. Coloque um peso em cima da frutas para que fiquem prensadas. Cuide para deixar pelo menos metade da vasilha livre na parte de cima, pois irá se produzir um sumo, para que este não vase. Cubra com um pano. Deixe as umes presendas por um mês e a partir daí coloque as folhas de shissô amassadas e misturadas junto a conserva.

Deve-se colocar a umeboshi em um vidro com tampa longe da luz por cerca de um ano. Após este período, estará pronta para o consumo.

Esses ingredientes podem ser encontrados em casas de produtos orientais ou naturais.

É importante lembrar que seu uso tem algumas restrições, portanto deve ser sempre orientado por médico ou nutricionista.

Fonte:  ANutricionista.Com - Tatiana de Oliveira Rocha - CRN4 10100062 - Nutricionista em Vitória e Vila Velha.

Revista Vegetarianos, ano 4, edição nº 47.
Site Wikipédia, disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Umeboshi
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário