Queimando Gordura!

por Nutricionista Tereza C. Moreira C. Mascarenhas Pontes - CRN9 9630/P

Vários são os motivos que levam as pessoas a querer perder gordura corporal: melhorar a saúde, aprimorar o condicionamento, melhorar a aparência, dentre outros. Todos esses motivos são admiráveis para querer perder peso, e existem vários meios para alcançar bons resultados.

No entanto, muitas pessoas fazem dietas radicais e dietas da moda, que não são saudáveis. Serei breve ao falar delas, já que o objetivo do artigo é justamente orientar quanto às formas mais saudáveis e eficazes para a perda de gordura corporal.

As dietas radicais geralmente são em torno de 800 Kcal a 1000 Kcal/dia, e acarretam em conseqüências drásticas, como:

- Perdas musculares e de líquidos juntamente com a perda de gordura, sendo que mais da metade do peso perdido provém da desidratação e da perda muscular, não havendo lucro algum nisso.

- Perda de força aeróbica – que leva a uma dificuldade do organismo em perder gordura

- Perda de força;

- Desaceleração do metabolismo – Dietas radicais deixam o metabolismo mais lento!  Uma mulher, por exemplo, gasta em torno de 1200 a 1400 Kcal /dia apenas para garantir o trabalho básico do corpo (manter o coração batendo, o pulmão respirando, dentre outras funções vitais internas). É imprescindível satisfazer essas exigências metabólicas. Dá para imaginar o dano causado ao organismo ao fazer uma dieta de 800 Kcal/dia?

- Cerca de 95 a 99% de todas as pessoas que seguem dietas radicais costumam reaver seu peso com “juros” em um curto período!

Dietas da moda geralmente excluem certos alimentos e realçam outros, o que é tão ruim quanto dietas radicais. O maior problema dessas dietas é que elas são desequilibradas em termos nutricionais e podem omitir nutrientes essenciais à saúde!

Agora falaremos do que realmente funciona e do verdadeiro objetivo: perder gordura corporal sem perder massa muscular!

Quando se trata de queimar gordura, o exercício físico, principalmente o aeróbico (sob orientação de profissional capacitado) é um grande aliado, pois:

- Acelera a queima de gordura no organismo;

- Aumenta o metabolismo;

- Conserva os músculos;

Associe à atividade física as seguintes estratégias dietéticas para perder o máximo de gordura poupando massa muscular:

- Corrija a gordura da dieta : Certifique-se de que na sua dieta prevalecem as gorduras “ boas” , como as gorduras ômega- 3 dos peixes (salmão, atum, sardinha, etc), do óleo de linhaça e a monoinsaturada do azeite de oliva, do abacate, das nozes, castanhas e sementes, por exemplo.

- Não exclua nenhum grupo de alimentos da dieta. É importante que a dieta contenha carboidratos (preferir os integrais – pão integral, arroz integral, aveia), proteínas (principalmente as de origem animal – ovo, leite desnatado, queijos brancos, iogurtes, carnes magras, peixes e aves grelhados, assados ou cozidos) e gorduras (principalmente das fontes já mencionadas). Não se esqueça das frutas e das verduras. Devemos comer de 3 a 5 porções de frutas por dia!

- Prefera carboidratos integrais e frutas – contém mais fibras e propriedades benéficas para a queima de gordura!

- Evite bebida alcoólica;

- Não pule o café da manhã: esse hábito desacelera o metabolismo e a pessoa provavelmente compensa essas calorias com juros ao longo do dia!

- Controle o açúcar extra na alimentação;

- Não passe fome – principalmente quando se pratica atividade física é preciso comer mais, não menos. É importante comer de 3 em 3 horas, para que o organismo não fique resistente em queimar gordura corporal! Muitas vezes esse  é o  hábito que falta a ser adquirido para fazer diferença!

Para orientações personalizadas, consulte um nutricionista!

Até a próxima!

Fonte:  ANutricionista.Com - Tereza C. Moreira C. Mascarenhas Pontes - CRN9 9630/P - Nutricionista em Belo Horizonte.

Referências Bibliográficas:
KLEINER, Susan M.; GREENWOOD-ROBINSON, Maggie. Nutrição para o treinamento de força. São Paulo. Editora Manole, 2009.
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário