Licopeno, um benefício para o nosso organismo!

por Nutricionista Audrey Chaves dos Santos - CRN3 13405

licopeno

LICOPENO UM BENEFÍCIO PARA O NOSSO ORGANISMO!!!

Encontrado principalmente nos tomates, o licopeno é um carotenóide na qual dá a cor vermelho para o tomate, goiaba, melancia e outros alimentos. Esse antioxidante quando é absorvido pelo organismo, ajuda impedindo e reparando danos às células na ação dos radicais livres.

É uma substância famosa por prevenir câncer de próstata, e também por afastar riscos a doenças cardiovasculares.

Recomenda-se consumir pelo menos 1 (um) tomate, 3 (três) vezes por semana, pois ao adotar esse hábito ele ajuda a prevenir tumores e reduzir as taxas de colesterol no organismo. Previne também a formação de placas de gordura nas artérias, ajudando assim o sangue circular e com isso há uma redução nos riscos de desenvolver doenças cardiovasculares.

O licopeno ajuda a retardar também o envelhecimento das células e pode assim proteger contra os danos causados pelos raios ultravioletas. Essa substância se torna ainda mais eficiente quando o tomate é cozido. Por isso recomendamos os molhos de tomates naturais.

Algumas pesquisas dizem que o tomate pode reduzir em até 50% o risco de câncer de próstata, mas o licopeno também tem possibilidades de atuar contra tumores de esôfago, pele e pulmão.

O tomate também oferece potássio, vitamina A, fibras e ácido fólico. Esses nutrientes são importantes para o equilíbrio do organismo, já que ajudam na boa digestão, preservando a saúde do sistema nervoso e dos músculos, melhorando a aparência da pele e prevenindo problemas cardiovasculares.

Ao aquecer o tomate e regar com um fio de azeite, a absorção e a ação benéfica do licopeno tem mais eficácia. Mas ao optar pelo alimento cru em saladas e outros pratos, o organismo ganhará uma boa dose de vitamina C, nutriente este que acaba contribuindo com a proteção contra as doenças cardiovasculares.

A quantidade de licopeno encontrado em produtos processados depende das condições de processamento e composição dos alimentos de origem. Os níveis de licopeno nos produtos processados são mais elevados do que os encontrados nos alimentos crus, pois essa concentração do produto há no processamento do mesmo, como por exemplo, na pasta e no purê de tomate.

A cada 100g de tomate maduro podem fornecer até 20mg de licopeno. O suco de tomate tem cerca de 150mg de licopeno/litro e o catchup tem cerca de 100mg/kg do produto. Cerca de 30mg da substância (também encontrada na goiaba, pimenta e pimentão vermelhos, morango e melancia) já é capaz beneficiar a saúde do nosso organismo.

PATÊ DE TOMATE COM AZEITONAS

Ingredientes:

- 3 tomates sem pele e sem sementes

- 1 xícara (chá) de leite

- 1 cebola pequena

- 2 dentes de alho

- ½ xícara (chá) de azeite

- Sal, cheiro verde, pimenta do reino à gosto

- 1 colher (sopa) de amido de milho

- 1 xícara (chá) de azeitonas verdes picadas

Modo de Fazer:

No liquidificador, bata os tomates, ½ xícara (chá) de leite, a cebola e o alho. Em uma panela, coloque o azeite, os ingredientes batidos, sal, cheiro verde, pimenta do reino e o amido de milho dissolvido no restante do leite. Leve ao fogo, mexendo sempre, até cozinhar e engrossar. Retire do fogo e misture as azeitonas. Sirva gelado, acompanhado de torradas.

Fonte:  ANutricionista.Com - Audrey Chaves dos Santos - CRN3 13405 - Nutricionista no Guarujá.

- Shami NJ, Moreira EA. Licopeno como agente antioxidante. Revista de Nutrição 2004; v. 17 n. 2.
- Fernandes M, Tomates e seus “superpoderes”. Copacabana Runners 2004. Disponível em .
- Tussato S. História do tomate 2005. Disponível em .
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário