Excesso de Peso na Gravidez

por Nutricionista Giovana de Mattos Labella - CRN3 8376

fotos-de-mulheres-gravidas[1]

Olá!

Realmente a gravidez é um momento mágico de muitas mudanças e que vale a pena ficar informada para poder curtir cada momento com muita serenidade. Faz bem pra toda família e muito bem para o bebê.

Quem esta planejando ter um filho, mas está com excesso de peso, o melhor há fazer é tentar perder os quilos em excesso para garantir uma gravidez mais tranquila. Já as gravidinhas que estão acima do peso devem  equilibrar as quantidades dos alimentos para evitar maior ganho de peso. Para qualquer mulher grávida os alimentos mais leves e saudáveis são sempre a melhor escolha.

As refeições devem ser fracionadas em três principais (café  da manhã, almoço e jantar) e três pequenos lanches leves (lanche da manhã, lanche da tarde e ceia), que pode ser uma fruta ou iogurte ou queijo magro com torradas integrais.

O apetite aumenta naturalmente com todo o processo da gestação, por isso as escolhas corretas dos alimentos são de fundamental importância para garantir os nutrientes necessários para a formação do bebê.

Faça opção por carnes magras (grelhadas, cozidas ou assadas), queijos brancos, iogurtes, leite, frutas, legumes, leguminosas, verduras, sucos de frutas naturais, carboidratos integrais (arroz, pães, macarrão, cereais e farinhas), tome de 8 a 10 copos de água no decorrer do dia, mas evite líquidos durante as refeições e use sal com moderação.

Passe longe de frituras, gorduras, doces recheados, refrigerantes. Quando bater aquela vontade por doces, opte por saladas de frutas, gelatinas com frutas, picolé de frutas, barrinha de cereais com chocolate meio amargo, uma colher de sobremesa de doce caseiro de banana, abóbora, mamão, tudo claro, com moderação.

Antes de ir ao supermercado faça a lista dos alimentos que você precisa e nunca vá fazer as compras com fome, pois as guloseimas nas prateleiras costumam ficar parecendo bem mais atraentes do que realmente são, e fica mais difícil resistir.

Pratique alguma atividade física com acompanhamento profissional, hidroginástica ou caminhadas em lugares planos com tênis e roupas adequadas são boas opções.

O aumento de peso durante a gravidez deve ser gradativo. Para uma gestante com o peso normal o recomendável é que ganhe entre 9 a 12 quilos em média, já as que estão com excesso de peso o mínimo seria o mais indicado, apenas o necessário para garantir o bom desenvolvimento do bebê, sem “quilinhos” extras.

Alguns suplementos como cálcio, ferro e ácido fólico poderão ser necessários, de acordo com hábitos e necessidades de cada uma, como por exemplo, mulheres vegetarianas ou com intolerância a lactose ou até mesmo por conduta  médica.

O ácido fólico ou folacina é uma vitamina  essencial para prevenir má formação congênita, sua deficiência no organismo pode causar a má formação do tubo neural. O ácido fólico pode ser encontrado em vários alimentos como, feijões, fígado, carnes magras, pão de trigo integral, verduras verdes escuras como o espinafre, brócolis e aspargos. Portanto uma alimentação balanceada deve começar de preferência antes da gravidez.

Com todos esses cuidados com a alimentação e o controle do peso, alguns transtornos podem ser evitados durante a gravidez, tais como:

Hipertensão Arterial podendo levar a um quadro de pré-eclâmpsia, dislipidemias (alteração do colesterol ruim), diabetes gestacional, dores nas costas, dificuldades para a realização de parto natural, e no caso de cesariana, dificuldades do anestesista em ultrapassar a camada adiposa, tendo as vezes que optar por anestesia geral.

Portanto é fundamental um bom pré-natal e acompanhamento nutricional, garantindo assim informações e ações importantes para a saúde das futuras mamães e seus bebês.

Boa Sorte!

Fonte:  ANutricionista.Com - Giovana de Mattos Labella - CRN3 8376 - Nutricionista em São José do Rio Preto.

Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição - " Aplicações e Recomendações Nutricionais Adaptadas à População Brasileira" Sban, 1990

Burton, B. - "Nutrição Humana". Editora McGraw - Hill de Brasil 1979.
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Um Comentário para “Excesso de Peso na Gravidez”

  1. @roupasdebebe comentou:

    Olá Dra. Giovanna,
    Depois que minha filha nasceu, perdi apenas 10kg, mas ganhei 15kg durante a gravidez. Como não tenho tempo para fazer exercícios, como eu poderia fazer para perder peso apenas com a nutrição equilibrada?

    Bjs
    Ana Paula.

Deixe um comentário