Dicas de como comprar, armazenar e congelar os alimentos

por Nutricionista Cristiane Mara Cedra - CRN3 19470

geladeira

Para se ter uma alimentação saudável precisa se preocupar com a qualidade dos alimentos comprados. Abaixo seguem algumas dicas de como comprar, armazenar e congelar os alimentos.

1. Peixe: quando for comprar um peixe verifique se os olhos estão brilhantes, com pupila escura e a íris branca ou amarelada. O peixe deve estar firme e resistente. O cheiro não pode estar ácido e nem azedo, isso demostra estado de deteriorização. Dica: aperte com um dedo a carne do peixe. Ela precisa voltar ao normal assim que retirar o dedo. Outra dica interessante é mergulhar o peixe em uma tijela de água. Se o peixe flutuar significa que está estragado.

2. Para escolher as carnes de vaca e porco, fique atento se o gelo próximo à carne está com cor de sangue. Isso significa que essa carne foi recongelada. Verifique se ela apresenta consistência firme, não pode estar esfarelando, deve ser possível ver as fibras musculares, a gordura deve estar firme, cor vermelho brilhante e sem nenhuma mancha de escurecimento. Em relação as carnes de aves seguem as mesmas características, mas a cor deve ser amarelo-rosado. Observar se tem mancha, principalmente, nas partes ao redor do ânus, pescoço, ventre, parte interna das coxas e das asas.

3. Quando for comprar leite e iogurtes preste atenção na data de validade e verifique se a embalagem está estufada.

4. Na hora que for comprar ovos observe o local em que ele está armazenado. Deve ser arejado, longe de fontes de calor. As cascas devem estar limpas e sem rachaduras.

5. As latas não devem estar enferrujadas, estufadas ou amassadas. Sempre verifique a data de validade do produto. Devem ser armazenada a temperatura ambiente.

6. Em relação as embalagens de vidro, deve-se observar se o líquido está límpido e sem bolhas de ar. A embalagem deve estar bem fechada e sem sinais de trincamento. A tampa não deve estar enferrujada. Dica: tombe a embalagem para verificar se há presença de vazamento.

7. Na geladeira existe uma variação de temperatura grande. Coloque os alimentos que estragam facilmente perto do congelador. Não coloque um alimento grudado um ao outro. Permita com que o ar frio circule entre eles. As carnes cruas, leites e laticínios devem ficar na parte superior da geladeira. Os alimentos cozidos e sobremesas na parte central. As frutas e verduras na parte inferior. Os ovos não devem ficar nas portas devido trepidações e alteração de temperatura. Coloque-os na parte superior. As conservas podem ser armazenadas na porta da geladeira. Os enlatados não podem ser armazenados na lata. Coloque-os em embalagem de vidro e armazene na parte central.

8. Para conservar os vegetais podemos utilizar a técnica do branqueamento. Nesta técnica conserva-se as características como sabor, cor, textura, além de obter uma diminuição na atividade enzimática e na proliferação de bactérias nas hortaliças. Com este processo, as hortaliças acentuam a cor. Para fazer esta técnica é só submergir o alimento em água fervente e rápidamente colocá-o em água fria, para que aconteça o choque térmico. Após, congele este vegetal por até 3 meses.

9. O freezer é diferente de congelador. Um congelador comum mantém os alimentos a uma temperatura aproximada de 0ºC a 4ºC. O freezer congela a – 10ºC ou menos, para garantir a boa conservação dos alimentos. Quanto mais baixa a temperatura maior a garantia de que o alimento não desenvolverá fungos e bactérias e de que irá manter suas características nutricionais. Ou seja, deve armazenar no freezer alimentos crú e preparados que irão ser armazenados por mais tempo. Deixe no congelador o que for utilizado em um curto período de tempo.

10. Sempre antes de congelar um alimento, este deve ser limpo, higienizado, colocado em embalagem plástica própria para congelamento retirando o máximo possível do ar. Deve-se etiquetar com o nome da preparação e data do congelamento. Armazenar a preparação em pequenas porções. Não coloque o alimento quente direto no freezer.

11. Para descongelar o alimento, tire-o do freezer no dia anterior e deixe-o na geladeira. Jamais o descongele à temperatura ambiente. A superfície do alimento descongela antes do centro permitindo proliferação de microorganismos. Caso for necessário descongelar o alimento na hora de ser consumido, coloque-o em água corrente ou dentro de uma cuba higienizada cheia de água, trocando essa água a cada 5 a 10 min no máximo.

12. Os Alimentos que não devem ser congelados são: ovo com casca, maionese,  batata, creme de leite, queijos cremosos, macarrão sem molho, cremes engrossados, chantilly, iogurte, pudins em geral e alimentos que já foram congelados.

13. Quando for se alimentar fora de casa tenha cuidado redobrado antes de consumir alguns alimentos como os sanduíches a base de molhos e maionese, os queijos e carnes na brasa, as frituras, os frutos do mar, alimentos crú, bolos recheados, sobremesas e os alimentos conservados em temperaturas inadequadas. Observe a higiene do local.

14. A boa aparência do alimento não garante a sua qualidade. A pessoa quando for comprar um alimento tem que prestar atenção onde este alimento está armazenado e como está sendo manipulado.

15. O alimento após ser preparado não deve ficar mais que duas horas em temperatura ambiente. Este alimento precisa ser resfriado e mantido na geladeira por até dois dias. Se for congelado no freezer consumir em até três meses.

Fonte:  ANutricionista.Com - Cristiane Mara Cedra - CRN3 19470 - Nutricionista em São Paulo.

Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário