Como Manter uma Alimentação Saudável no Happy Hour e Outras Comemorações

por Nutricionista Cristiane Mara Cedra - CRN3 19470

Alimentação Saudável no happy hour

A vida seria muito saudável se vivessemos num sítio afastado, com poucas pessoas, uma horta caseira e muito tempo disponível. Mas a vida não é assim. A todo momento precisamos balancear emprego, família, amigos, festas, happy hour, problemas, dinheiro, tempo… Ave! Como lidar com tudo isso de uma maneira saudável?

Vamos lá! Não se desespere! Não é tão difícil assim:

- Churrasco no fim de semana? Qual é o problema? Churrasco é vilão? Nem sempre! Dicas: Não “mate” a fome com carnes. Sempre consuma salada, escolha um tipo de carboidrato (pão de alho ou arroz ou pão ou maionese), poucos pedaços de carnes e muita água com limão! Dessa maneira você não sentirá aquele cansaço e indisposição após a diversão!

- É possível uma pizza à noite? Sim! Marguerita, atum com cebola, vegetariana, rúcula com tomate seco, abobrinha, berinjela… Nossa! Quantas opções leves! Só não abuse da quantidade. Se ficou com fome, complete a refeição com uma bela salada.

- E no barzinho, o que fazer? Parece impossível controlar, mas equilibrando as escolhas tudo melhora. Tome no máximo dois copos de bebida alcoólica. Escolha porções que não sejam fritas. Se seus amigos pedirem, experimente um pouco da batata frita ou mandioca frita, mas não exagere na dose. São boas opções: porções de filé mignon em tiras com pão ou vinagrete com carne acebolada ou frango em filete (sem ser a milanesa). Ou peça uma tábua de frios e divida com seus companheiros.

- Festa em buffet de criança. Que perdição! Cachorro-quente, carne louca, salgadinhos fritos, docinhos e bolos! Quantas opções tentadoras! O que fazer? Antes de sair de casa, consuma um belo prato de salada variada, sem proteínas e carboidratos, só folhas, verduras e legumes (Exemplo: alface americana, rúcula, agrião, cenoura, tomate, pepino, broto de feijão, erva-doce). Chegando na festa experimente os salgados (um de cada), consuma um lanche, um pedaço de bolo e uns 3 docinhos. Desta maneira você se divertiu e controlou a alimentação.

- E nas festas de casamentos? Siga o mesmo raciocínio. Consuma as suas refeições intermediárias antes de ir para a festa. Chegando lá, vai com calma no coquetel. Não “mate” a fome com ele. Espere o prato principal para saboreá-lo. Normalmente é servido salada de entrada que são refeições equilibradas. O problema está nas entradas e nos doces. São nestes dois que você precisa controlar o impulso. Experimente, mas não abuse. Leve o “bem casado” para comer no dia seguinte.

- Almoço de domingo em família? Muito gostoso e prazeiroso, mas não precisa repetir o prato. Permita-se a consumir uma refeição mais elaborada, mas controle a quantidade. No jantar faça uma escolha mais leve como um wrap de atum ou uma salada com grelhado.

Vai sair para jantar com os amigos?

- No rodízio de comida japonesa: não abuse das quantidades. Pegue uma porção pequena de cada opção. Exemplo: 5 sushis, 1 temaki, 1 porção de shimeji, 1 rolinho primavera e 1 guioza. Evite o resto de frituras. Se for consumir o yakissoba, diminua o temaki e o sushi. Aconselho não pedir o rodízio neste caso.

- Restaurante de massas: escolha massas simples (pene, fusili, espaguete) com molho ao sugo e um prato de salada para acompanhar.

- Rodízio de pizza é mais complicado. Mas atualmente os rodízios oferecem um buffet de salada para acompanhar. Para consumir mais sabores, divida o pedaço com um amigo ou parente. Antes de aceitar o sabor que é servido, olhe no menu as opções para programar os que você fará questão de consumir.

- Churrascaria: tem todas as opções (saladas, massas, comida japonesa e muita carne). É um verdadeiro banquete. Mas vai com calma. Experimente um pouco de cada alimento que você sente vontade, mas controle a quantidade que o prejuízo (peso) é grande.

- Fast-Food: não peça a combinação de batata-frita e refrigerante. Escolha o apenas o lanche. Controle as outras refeições do dia.

- Self-service: este é fácil! Tem de tudo! Faça uma combinação saudável (salada com grelhados e pouco carboidrato).

- Sorveteria e docerias: diminua o consumo de carboidrato das refeições (massas, risoto, arroz, batata, mandioca). Não escolha frituras neste dia. Não abuse da quantidade do doce/sorvete.

Viu como é possível ter uma vida social sem culpa!

Conselho: nunca deixe de sair e se divertir com medo de não resistir às tentações. Você precisa aprender a controlar as suas escolhas. O social é muito importante para relaxarmos e matermos a qualidade de vida! Invista mais em prazer na sua vida desde que este prazer não seja só a comida, combinado?

Fonte:  ANutricionista.Com - Cristiane Mara Cedra - CRN3 19470 - Nutricionista em São Paulo.

Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

7 Comentários para “Como Manter uma Alimentação Saudável no Happy Hour e Outras Comemorações”

  1. Flávia comentou:

    Muito bom o artigo.
    Adorei as dicas. Obrigada!!!

  2. Valéria comentou:

    Olá!

    É muito importante ter ciência dessas informações, gostei muito desse artigo.

    Beijos!!!

  3. Sibelli comentou:

    Adorei o artigo, bastante motivador..
    Parabéns!

  4. elizama comentou:

    É simplesmente sensacional! Adorei o conteudo! TUDO de bom! Procurei este site porque me interesso pela profissão.

  5. CRISTIANO comentou:

    Achei a informações muito boas para quem gosta de manter a saúde e para quem é diabetico.

  6. Juliana comentou:

    Nossa… Adorei!
    Dicas muito interessantes.
    Parabéns!

  7. ana catarina bianchini comentou:

    Adorei as dica de alimentação.
    Muito obrigada.

Deixe um comentário