Como fugir das tentações na ceia de natal!

por Nutricionista Tatiane Trevilato de Brito - CRN3 26450

ceia

Natal chegando e a maioria das pessoas resolve abrir mão das dietas e aproveitar ao máximo a ocasião! Realmente  é mais difícil fugir das tentações, mas não é impossível tornar este momento um pouco mais saudável.

Veja então como tornar sua ceia mais saudável!

Inicie o planejamento da ceia com antecedência. Monte o cardápio antes de ir às compras. Conte o número de convidados, calcule as quantidades necessárias e faça a lista de ingredientes. Comparar os preços e comprar antecipadamente pode resultar em economia.

A mesa farta é uma herança dos portugueses e espanhóis.  Muitos  alimentos que consumimos combinam mais com o clima frio que faz na Europa nessa época do que com nosso clima quente. Assim, algumas modificações nos cardápios tradicionais podem representar ótima vantagem para a saúde.

De prato principal, prefira as carnes brancas, como frango e peru. Prefira os assados ou grelhados e retire a pele. Inove e inclua peixe como uma das opções.  Tender e pernil são carnes que contém mais gordura e colesterol.

Para acompanhar, fuja de molhos à base de maionese e creme de leite. Cuidado com preparações como a farofa, rica em gordura.

Tente acrescentar ao cardápio itens leves e menos calóricos. Procure fugir de saladas com maionese, como o tradicional salpicão. Sempre inclua preparações com verduras e legumes. Quanto mais coloridas, mais atraentes. Substitua a maionese por molho de iogurte natural.

Na sobremesa, dê preferência às frutas frescas como opções aos doces natalinos tradicionais, tais como o panetone e rabanada. Além das frutas tradicionais, como uva e cereja, inclua outras opções tropicais. Cuidado com as frutas secas como uva passa e ameixa seca, que concentram grande quantidade de açúcar. As sobremesas devem ser consumidas com moderação, controle a quantidade e evite comer todas as opções.

O consumo de bebida alcoólica precisa ser feito com cautela principalmente nas pessoas diabéticas e que utilizam medicamentos. Se puder incluir a bebida alcoólica não beba em jejum para evitar a hipoglicemia e seja moderado. Não ultrapasse duas doses no caso de homens e uma dose no caso de mulheres: uma taça de vinho ou champanhe, um copo de cerveja ou uma dose de destilado. Lembre-se que o álcool tem 7 kcal por grama. Quanto maior o teor alcoólico, maior as calorias da bebida, portanto evite os exageros!

No dia: mantenha os horários regulares das demais refeições. Ao pular uma refeição  você chegará à próxima refeição com mais fome e dessa forma fica impossível resistir. Não espere a ceia com fome: faça um lanche com baixo valor calórico e rico em fibras para poder controlar as quantidades na ceia. Não deixe de se alimentar durante o dia, pensando em extrapolar na ceia. Beba bastante líquido durante o dia, assim você estará se hidratando.

Não fique beliscando e provando tudo que preapara para a ceia, pois serão calorias a mais.

Controle a quantidade. Ao deparar-se com um banquete, o primeiro impulso é servir-se de tudo e abundantemente. Não repita a refeição. Um prato que contém verduras, legumes, cereais, carnes, é suficiente. Na hora da ceia, em primeiro lugar faça um prato de salada. Coma à vontade. As fibras das hortaliças trazem saciedade.

Se você é uma daquelas pessoas que não abre mão de comer uma carne mais gordurosa (tender, leitão, pernil), o ideal é combinar o prato com acompanhamentos menos gordurosos como arroz com legumes, saladas cruas, batatas cozidas ou assadas, legumes cozidos. Evite combinar carnes gordas com maionese, farofa, tortas, para que o seu prato não fique ainda mais calórico.

Abuse dos temperos naturais: ervas aromáticas, cebola, alho, tomate, pimentão, pimenta. Cuidado com as oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, avelãs) como aperitivo ou acrescentadas em preparações, pois fornecem muitas calorias, apesar de seus nutrientes benéficos.

Também não devemos esquecer que a prática de exercícios físicos é muito importante. Não abandone os exercícios nesta época do ano, procure se exercitar todos os dias, se não for possível ir a academia, faça caminhadas, enfim mexa-se!

Enfim, neste natal que tal tornar o momento diferente e não deixar que ele se resuma a uma mesa farta! Pense diferente! Lembre-se que a ceia é só um item de tantos que podem ser vividos este dia! Precisamos lembrar que é uma data importante e repleta de significados, um momento de confraternização e alegria para ser dividido com as pessoas que amamos e então não pode e nem deve  ser resumido a “comida”.

Boas Festas!

Fonte:  ANutricionista.Com - Tatiane Trevilato de Brito - CRN3 26450 - Nutricionista em Ribeirão Preto.

SANTOS, Ligia Amparo da Silva. Educação alimentar e nutricional no contexto da promoção de práticas alimentares saudáveis. Revista de Nutrição. [online]. 2005, vol.18, n.5, pp. 681-69
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Um Comentário para “Como fugir das tentações na ceia de natal!”

  1. Marilia Varani comentou:

    Amei todas as dicas! Você é sensacional, Tatiane!
    Beijos e muito sucesso!
    Marilia

Deixe um comentário