Armadilhas caseiras que detonam a sua dieta

por Nutricionista Tatiane Trevilato de Brito - CRN3 26450

balança

Algumas atitudes podem favorecer ao consumo alimentar exagerado, portanto cuidado com as armadilhas do nosso dia-a-dia, principalmente dentro de nossa casa.

  • Deixar alimentos  calóricos visíveis e de fácil acesso: alimentos ricos em calorias  e pobres nutricionalmente (doces, balas, refrigerantes e guloseimas em geral) ao nosso alcance e em locais bem visíveis fará você não resistir a tentação de consumi- los, mesmo estando sem fome.
  • Encher a casa de alimentos diet e light e achar que poderá consumi-los a vontade.Os alimentos diet não têm necessariamente menos calorias. Eles são indicados principalmente para quem possui restrição alimentar devido a algum problema de saúde. Um bom exemplo disso é  o chocolate diet, que não tem açúcar, mas contém mais gordura do que o tradicional. No caso dos alimentos light, eles apresentam em sua composição uma restrição de, no mínimo, 25% em algum nutriente ou mesmo em calorias do que os produtos tradicionais. Mas cuidado, pois se você consumi-los em grande quantidade, engordará da mesma forma.
  • Pular refeições ou não jantar. Quem quer emagrecer não deve pular refeições e ficar muito tempo sem se alimentar. Por mais contraditório que pareça, o jejum faz o corpo economizar energia, tornando o metabolismo mais lento e favorecendo o acúmulo de gordura.
  • Comer frutas à vontade. Tudo precisa ser consumido com moderação, inclusive as frutas. Algumas são ricas em açúcar natural, a frutose e conseqüentemente em calorias, ou seja,  em excesso elas podem engordar.
  • Monotonia alimentar. Comer sempre a mesma coisa enjoa e desmotiva. Pratos variados e coloridos aumentam a disposição para continuar a seguir a dieta. Além disso, quanto mais colorido e variado, melhor. Cores diferentes apresentam também nutrientes diferentes.
  • Não espere sentir fome incontrolável. Provavelmente você buscará opções práticas e rápidas  que nem sempre são as mais recomendadas, como pratos congelados, prontos ou lanches rápidos, alimentos estes que normalmente são pobres em nutrientes e muito ricos em calorias, conservantes e sódio.
  • Durante a refeição não mantenha as panelas e travessas na mesa. Se as travessas estiverem por perto, a tendência é que se coma mais do que realmente precisa. Monte seu prato no fogão e evite repetições.
  • Saia da mesa imediatamente ao término da refeição. A mesa não é lugar para ficar horas conversando, discutindo, enfim, após a refeição saia imediatamente, para não correr o risco de voltar a se alimentar sem vontade.
  • Balança caseira pode virar neurose. Não suba na balança diariamente, pois isso pode gerar ansiedade e falsas expectativas ou decepções. O ideal é pesar uma vez por semana, e, mesmo assim, saiba que seu peso pode estar mascarado por fatores como ingestão hídrica, hábito intestinal, atividade física,etc.  Melhor do que se orientar pela balança, é verificar suas medidas com instrumentos como  fita métrica, adipometro,etc. Mesmo sem alteração de peso, suas medidas podem ter reduzido, favorecendo assim sua auto-estimae motivando o seguimento da dieta.
  • Estresse não se cura atacando a geladeira. Se você estiver estressado, não busque a “confortona” comida. Você provavelmente ficará pior depois de um “ataque” à geladeira. Há inúmeras outras atividades que provocam boas sensações como leitura de um bom livro, atividade física, yoga, terapias, etc.
  • Compulsão alimentar noturna. O momento mais propício à compulsão alimentar é no período noturno, por isso controle-se, durma cedo e monitore seus comportamentos. Evite “visitar” a cozinha neste período.  Depois do jantar, mantenha distância dos alimentos e não deixe a comida à sua vista.
  • Não coma em frente a televisão. Isso prejudica muito seu auto-controle  principalmente na ingestão de guloseimas. Você perde o controle do que está sendo consumido e principalmente das quantidades.

E se sentir dificuldades, não deixe de procurar ajuda profissional, um Nutricionista poderá orientá-lo para que sua dieta obtenha sucesso!

Fonte:  ANutricionista.Com - Tatiane Trevilato de Brito - CRN3 26450 - Nutricionista em Ribeirão Preto.

Coutinho W.F., Monteiro J.B., Sichieri R. Recomendação de alimentação e Nutrição saudável para a população Brasileira. Arq Bras. Endocrinol. Metab. v44. n3, 2000.
LAKATOS, Lyssie. Acelere seu Metabolismo. Editora Best Seller. 1 ed, 2010.
Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável/Ministério da Saúde.
PHILIPPI, S.T. et.al. PIRÂMIDE ALIMENTAR ADAPTADA: GUIA PARA ESCOLHA DOS ALIMENTOS. Rev. Nutr., Campinas, 12(1): 65-80, jan./abr., 1999
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário