Aproveitar o Verão de Bem com a Balança

por Nutricionista Perla Menezes Pereira - CRN3 14198

O final do ano passou, mas em breve chegará o Carnaval e o verão continua. Nessa época as pessoas viajam e desejam esbanjar um corpo magro e malhado. Para isso recorrem a dietas restritivas e nem sempre saudáveis a fim de alcançarem o peso “ideal” rapidamente. Entretanto, a queima das gordurinhas extras não ocorre de uma hora pra outra. Por mais que o programa de exercícios seja extenuante e também, não adianta os sedentários de plantão abraçar tais exercícios pesados apenas nesta época do ano – isso pode comprometer a saúde e causar lesões sérias.

Sabemos que o ganho de massa magra através de exercícios programados e avaliados por educador físico ocasiona aumento do gasto calórico e melhora o condicionamento cardiovascular, entretanto o ganho de massa muscular é lento, leva alguns meses para ocorrer. Do mesmo modo, as dietas hipocalóricas levam tempo para apresentar resultado. A associação de dieta hipocalórica e exercícios é capaz de acelerar a perda de peso e promover o ganho de massa magra de forma mais efetiva, ainda assim o processo leva algum tempo. Portanto, agora é o momento certo de investir em acompanhamento nutricional e exercícios a fim de exibir boa forma nas festas de fim de ano e nas férias de janeiro.

Destaco algumas dicas básicas para cuidar da dieta:

- Evitar o consumo de carnes gordas;

- Evitar o consumo de creme de leite e molhos gordos;

- Limitar o consumo de refrigerantes;

- Limitar o consumo de frituras;

- Limitar o consumo de biscoitos, doces, sorvetes cremosos e bolachas recheadas;

- Limitar o consumo de alimentos prontos industrializados;

- Aumentar o consumo de frutas e hortaliças (ao menos 400 g ao dia);

- Consumir de 1,5 a 2L de água ao dia;

- Consumir pouco sal (máximo 5g/dia);

- Melhorar o consumo de grãos e cereais integrais;

- Preferir alimentos frescos e preparações caseiras;

- Nunca realizar exercícios em jejum;

- Não ficar mais de 4h sem se alimentar;

- Dormir e repousar cerca de 8h ao dia.

Essas dicas são básicas e podem ser personalizadas a cada caso por um nutricionista. Outra questão importante é a motivação individual para a mudança, sem motivação o gatilho para o novo não é acionado. É a partir da detecção da necessidade de mudar e melhora dos parâmetros de alimentação e condicionamento físico que os resultados almejados têm condição de serem alcançados. O momento é de investimento em você, e há profissionais habilitados para isso, tanto em termos de alimentação quanto de condicionamento físico.

Se seu problema é a falta de tempo, pense no tempo que você perde todos os dias realizando tarefas que não te agradam ou refazendo tarefas que não ficaram boas da primeira vez. Observará que se dedicar com mais afinco ao trabalho, pode reduzir o índice de retrabalho, organizar as tarefas e encontrar uma brecha de 1 hora diária para ser usada para suas necessidades pessoais, que podem ser o exercício físico, a passada ao supermercado para uma “comprinha” saudável ou a preparação de um jantar mais saudável e saboroso. As escolhas somos nós que fazemos. Não há motivo para deixar para depois e passar o verão inteiro se arrependendo e tentando esconder as “gordurinhas extras”. Os recursos existem e devem ser usados.

Fonte:  ANutricionista.Com - Perla Menezes Pereira - CRN3 14198 - Nutricionista em Ribeirão Preto.

Ministério da Saúde. Guia Alimentar para a população brasileira. Brasília, 2008. 210 p.
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário