Alimentação Na Gestação

por Nutricionista Fernanda Marino de Oliveira - CRN8 6502

Durante a gestação toda mulher sabe que deve cuidar melhor de sua saúde e de seu bebê.  Aqui vão algumas dicas de como cuidar da saúde de ambos usando a alimentação como aliada.

Todos os nutrientes que a gestante consome são levados ao feto, que necessita de ferro para produzir hemácias, cálcio para construir os ossos, vitaminas para produzir células e defesas do organismo. Portanto toda gestante deve se lembra de ingerir:

Proteínas através de carne bovina, aves, peixes, ovos, leite e derivados e leguminosas como feijão, ervilha, lentilha, grão de bico e soja;

Ferro (fígado, miúdos, carnes vermelhas, leguminosas e verduras verde-escuro);

Cálcio (iogurte, leite desnatado, queijos, peixe, vegetais verdes e gergelim triturado);

Alimentos ricos em vitamina C junto às principais refeições (goiaba, caju, laranja, limão e mexerica), para auxiliar a absorção do ferro vegetal;

Alimentos ricos em ácido fólico/Vitamina B9 (verduras de folha verde, legumes, frutos secos, grãos integrais e levedura de cerveja).

Aumentar a ingestão de verduras, legumes e frutas;

Preferir alimentos em preparações simples: assados, cozidos, grelhados, ensopados;

Consumir alimentos ricos em fibras como cereais integrais (arroz, aveia, centeio e trigo), vegetais folhosos, leguminosas e frutas, para auxiliar o funcionamento intestinal;

As gestante ambém devem lembrar que o excesso de gorduras e açúcares podem trazer prejuízos a saúde do feto, fazer com que ele ganhe muito peso a pode até fazer com que a criança faça hiperglicemia, fator que pode levar ao diabetes. Portanto lembre-se sempre de:

- Evitar o consumo de alimentos gordurosos, frituras, pasteis e alimentos ricos em açúcares (doces, balas, chocolate e refrigerante);

- Evitar o consumo de álcool, café, chá mate e preto;

- Preferir chá de erva cidreira, camomila, hortelã, erva-doce e gengibre.

Para evitar Náuseas e Vômitos

Muito comum durante o inicio da gestação as náuseas e vômitos podem fazer até com que a gestante perca peso, o que não é um bom sinal para uma gestação saudável. Portanto lembre-se sempre de:

- Fazer dieta fracionada, ou seja, alimentar-se de três em três horas, com menor volume;

- Preferir alimentos cozidos e de fácil digestão como verduras e legumes cozidos e na forma de purê, carnes magras, macarrão e sopas;

- Preferir temperos suaves e naturais como orégano ou alecrim;

- Preferir alimentos sólidos pela manhã, como biscoitos salgados e torradas;

- Ingerir bastante líquido nos intervalos das refeições.

- Evitar deitar-se após as grandes refeições (almoço e jantar);

- Alimentos de sabor ácido como laranja, limão, kiwi, abacaxi e outros podem aliviar a sensação do enjôo.

Durante a amamentação a alimentação também deve ser controlada, pois o que a mãe consome interfere na cor e sabor do leite materno. Muitos estudos mostram que quando as mães bebem suco de laranja, por exemplo, durante a gestação e amamentação, os bebês aceitam com mais facilidade as frutas, já as mães que consomem muitos doces durante esses períodos têm mais dificuldades de incerir alimentos mais diversificados na alimentação dos filhos, como legumes e frutas.

Além disso, os nutrientes ingeridos pela mãe durante a alimentação também são os nutrientes presentes no leite materno, portanto se a mãe consome muita gordura trans, essa gordura é passada para a criança durante a amamentação.

Lembre-se que os hábitos alimentares de seu bebê começam durante a gestação e amamentação e é de extrema impotância que  desde cedo ele aprenda a comer alimentos saudáveis!

Fonte:  ANutricionista.Com - Fernanda Marino de Oliveira - CRN8 6502 - Nutricionista em Maringá.

BRASIL, Misnistéroi da Saúde. Saúde da Criança: Nutriçao Infantil. Caderno de atanção básica n. 23. Brasília, 2009.
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário