Alimentação como aliada para o sucesso no Vestibular

por Nutricionista Daniella Cristina Fernandes da Silva - CRN3 14632

vestibular

Início de Novembro e após um ano inteiro de muito estudo e muitas horas dispensadas aos livros e exercícios, milhares de  vestibulandos encaram a reta final antes das tão esperadas e temidas provas. Saiba como a Nutrição pode ajudá-lo a enfrentar com sucesso essa etapa tão importante em nossas vidas, tanto na fase de preparação pré-prova, quanto na véspera e no dia da prova.

Preparação Pré-Prova

Com tantas aulas, atividades extras, livros, exercícios; muitos vestibulandos esquecem de dar atenção especial a sua alimentação.  Muitos adolescentes acabam pulando refeições, principalmente o café da manhã, substituindo as refeições principais  por lanches rápidos, muitas vezes com elevado teor de gorduras. Sabemos que uma alimentação desequilibrada pode deixar o indivíduo cansado, irritado, sonolento, além de prejudicar a concentração e a memória. Dicas simples podem otimizar as horas dedicadas ao estudo, proporcionando aproveitamento integral do conteúdo estudado:

  • Realize 6 refeições ao dia, distribuídos em café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia, com intervalos de 3 em 3 horas. Isso possibilita maior variedade na ingestão de alimentos e mantém os níveis de glicemia em constante equilíbrio, evitando desânimo e raciocínio lento.
  • Beba as quantidades recomendadas de líquidos, água, sucos naturais, água de côco, cerca de 2 a 2,5 litros. Manter o organismo hidratado é fundamental para seu adequado funcionamento, incluindo o raciocínio.
  • Utilize alimentos que favoreçam a memória,  o funcionamento e manutenção dos neurônios, ricos em fisetina, colina, ômega 3 e vitaminas do complexo B:
  1. Fisetina: maçã, morango, kiwi, uva, tomate, entre outros. A fisetina estimula mecanismos do cérebro que melhoram a memória de longo prazo e induzem a diferenciação ou amadurecimento de células do sistema nervoso.
  2. Colina: gema de ovo, lecitina de soja, fígado bovino. Estudos demonstram relação da Colina com a memória. Lembrando que ovos devem ser consumidos até 3 vezes por semana.
  3. Ômega 3: peixes de água fria e linhaça. O Ômega 3 é um nutriente essencial para o funcionamento adequado da bainha de mielina, uma estrutura presente nos neurônios que tem a função de proteger a integridade dessas células nervosas e participar do processo de envio de mensagens através dos neurotransmissores. Lembre-se que a Sardinha é uma excelente e acessível fonte de omega 3.
  4. Vitaminas Complexo B: cereais integrais, carnes e vegetais. As vitaminas do complexo B trabalham em conjunto para promover o sistema imune e o cérebro saudável por proteger tecidos nervosos contra a oxidação, aumento da memória e por isolar as células nervosas.
  • Evite alimentos estimulantes em excesso como: energéticos, refrigerantes a base de cola, café, guaraná em pó e álcool. Ansiedade demais prejudica a concentração e a memória.
  • Os mais ansiosos devem utilizar alimentos  e bebidas calmantes como alface, maracujá (principalmente maracujá doce), camomila e erva doce.

Véspera da Prova

No dia anterior a prova, nada de experimentar alimentos que não está habituado, para evitar possíveis reações de intolerância. Faça uma alimentação leve, composta por carboidratos, proteínas, verduras e frutas: Arroz, feijão, bife ou filé de frango grelhado, salada e legumes refogados. Escolha sucos de frutas naturais e sobremesas a base de frutas.  No café da manhã e lanches, escolha pão integral, queijo branco, iogurtes com mel, saladas de frutas.

Na hora da Prova

Se a prova for de manhã, realize o café da manhã , pelo menos 1 hora antes. Se a prova for a tarde, realize um almoço leve como exemplificado anteriormente, com pelo menos 2 horas de antecedência.

As provas tem duração aproximada de 4 horas, seu cérebro precisará de energia nesse período. Escolha uma opção de  kit prova para reabastecê-lo:

  1. 1 Maçã + suco de fruta natural
  2. 1 tablete de 25 g de chocolate com teor de cacau maior 60% +  água mineral
  3. 1 barrinha de cereal + água de côco
  4. biscoito salgado (embalagem individual) + suco de fruta natural

Pronto, agora seu cérebro estará a todo vapor para conseguir sua tão sonhada vaga na universidade, primeiro passo para sua realização profissional e pessoal. Boa sorte!

Fonte:  ANutricionista.Com - Daniella Cristina Fernandes da Silva - CRN3 14632 - Nutricionista em Ribeirão Preto.

*Public Library of Science One (PLoS ONE), de 8 de setembro de 2010

*Mahler P, Guastavino JM, Jacquart G, Strazielle C.An unexpected role of the cerebellum: involvement in nutritional organization. Physiol Behav 1993;54(6):1063-7.

*Kopf SR, Buchholzer M, Hilgert M, Loffelholz K, Klein J. Glucose plus choline improve passive avoidance behavior and increase hippocampal acetylcholine release in mice. Neuroscience 2001;103(2):365-71.
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Um Comentário para “Alimentação como aliada para o sucesso no Vestibular”

  1. gabriel comentou:

    Muito boa essa matéria, gostei muito.

Deixe um comentário