A importância dos Alimentos Orgânicos

por Nutricionista Juliana Paula Bruch - CRN2 8899D

info_ali02

Sabemos que na base na nossa saúde encontra-se a alimentação, e para que possamos ter uma boa qualidade de vida esta alimentação necessita ser rica em frutas, legumes e verduras. Mas até que ponto podemos ter a certeza de que esses alimentos fazem bem a nossa saúde com tanto produto químico utilizado para que possa ser cultivado? Será que estamos comendo algo natural? Qual é a segurança que temos para afirmar que uma salada crua é mais natural e saudável que legumes cozidos?

A resposta para esse questionamento alinha-se com o que chamamos de produtos orgânicos, os quais dizem respeito a qualidade do processo do alimento, contando com a qualidade do solo onde ele é cultivado, ou seja, são alimentos cultivados da forma mais simples, pela ação da natureza.

Os produtos orgânicos vêm ganhando espaço no mercado brasileiro e conquistando alguns países. Para se ter uma idéia, o Braisl exportou 37 mil toneladas em produtos orgânicos no período de agosto de 2006 a setembro de 2008.

Segundo o instituto de Biodinâmico, a produção orgânica ocupa cerca de 6,5 milhões de hectares de terras, conseqüentemente inserindo o Brasil na segunda colocação dentre os maiores produtores mundiais de orgânicos. Dentre a exportação, a soja e o café lideram, já no mercado interno, os alimentos mais comuns são as hortaliças, açúcar, sucos, mel, geléias, feijão, entre outros.

Mas o que é este produto tão falando principalmente por profissionais da saúde?

É considerado alimento orgânico, todo produto que é cultivado sem o uso de adubos químicos ou agrotóxicos. Este alimento está sendo a preferência na hora da escolha pela grande preocupação com saúde, além da preservação do meio ambiente e qualidade sensorial  e nutricional do produto.

Outro fator importante que faz o consumidor optar por este produtos é a durabilidade do mesmo; estudos mostram que  os produtos orgânicos apresentam grande resistência quanto ao armazenamento, levando a um maior prazo de vida.

A maior vantagem dos orgânicos é a questão de serem ricos em nutrientes, pelo fato da terra utilizada no seu cultivo ser fértil e natural, sem apresentar interferência de produtos químicos. O nome orgânico é explicado justamente por essa idéia: eles interagem e são muito melhor absorvidos pelo nosso organismo.

Desintoxicação

Quando falamos de desintoxicação, também podemos incluir os alimentos orgânicos. Pois também podem ser adaptados a carnes e laticínios, sendo a diferença  entre legumes, verduras e frutas, na questão de como se cria o animal; com rações adequadas e naturais, por exemplo. Assim todo cardápio pode ser constituído de orgânicos.

Entre os benefícios que já falamos, ainda encontra-se  o processo de purificação do organismo que os mesmos proporcionam. A desintoxicação melhora problemas gastrointestinais e hepáticos, gerados pela química contida nos alimentos normais.

Sabemos que o preço destes alimentos é superior aos alimentos normais, mas a tendência é que isto mude, uma vez que a produção e o consumo levam a um aumento progressivo. As pessoas estão conscientes da importância de levar a sua mesa um alimento realmente saudável, sem riscos para a saúde de sua família, promovendo uma boa qualidade de vida.

Fonte:  ANutricionista.Com - Juliana Paula Bruch - CRN2 8899D - Nutricionista em Lajeado.

Instituto Ecológico Agualung, disponível em: http://www.institutoaqualung.com.br/info_ali44.html

Portal Vegetariano Natureba, disponível em: http://www.natureba.com.br/alimentos-organicos.htm

ORMOND, J.G.P., et al. AGRICULTURA ORGÂNICA: QUANDO O PASSADO É FUTURO, disponível em: http://www.fundoamazonia.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/bnset/set1501.pdf
Importante: As informações fornecidas não são individualizadas, portanto, um nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar uma dieta. O artigo acima expressa a opinião do autor e pode NÃO refletir a opinião do site ANutricionista.
Você é novo por aqui?

Receba nossas dicas por e-mail

Deixe seu Comentário

This website uses IntenseDebate comments, but they are not currently loaded because either your browser doesn't support JavaScript, or they didn't load fast enough.

Deixe um comentário